Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Arquivo NippoBrasil: Zashi - Destaques

Destaques: NippoBrasil
    

SEMPRE ZEN
Matéria publicada no Zashi edição 4 - Dezembro de 2007

A importância de criar vínculos

(Por Venerável Mestre Hsing Yun*)

O que há de mais valioso no mundo não é o ouro, ou as esmeraldas, nem carros caros ou grandes mansões, mas os vínculos entre as pessoas – é o que as fazem se relacionar bem. Deve haver vínculos também entre as pessoas e os fatos para que se possa alcançar o sucesso. Entre as pessoas e a sociedade, entre os fatos e as coisas, ou entre você, eu e eles, é preciso que haja vínculos para que tudo corra bem.

Significado

O termo “vínculo” tem um significado muito profundo – criar vínculos é plantar sementes. Sem a plantação de sementes, como poderá haver colheita no futuro? Quanto mais profundos e extensos os vínculos, maior será o depósito na “conta bancária” e, com uma substancial “conta bancária” para nos sustentar, será mais fácil ter sucesso em nossos empreendimentos. Há causas por trás de cada história de sucesso deste mundo. É por isso que, para se ter uma carreira de sucesso, é preciso causas e condições favoráveis.

Aquele que não tem vínculos com os outros, mesmo que seja multibilionário, será desprezado aonde quer que vá. Por outro lado, uma pessoa pode não ter nenhum bem material e, ainda assim, ser bem-vinda em todos os lugares. Tudo depende dos vínculos que se tem com os outros. Buda nos ensinou: “Antes de alcançar a Budeidade, devemos criar vínculos com os demais”. Há muitas maneiras de construir vínculos. Dirigir-se às outras pessoas com um olhar gentil é criar vínculos com os olhos. Elogiá-las com palavras gentis é criar vínculos com a boca. É possível ainda criar vínculos com elas por meio de nosso servir, de nossas habilidades, de nossos pensamentos e do Darma.

Oportunidades

“Vínculo” não é simplesmente um termo budista, mas a verdade da vida e do universo, e diz respeito a todas as pessoas. Todos nós vivemos nossas vidas em função de vínculos e ao redor deles. Todas as oportunidades representam vínculos, e são necessários os vínculos de muitos para que tudo dê certo. Com um tijolo ou um azulejo a menos, não se pode dizer que a construção de uma casa está completa. Na jornada da vida, o fato de algumas pessoas sempre encontrarem auxílio quando estão em dificuldades é o resultado de vínculos criados no passado. Assim, o vínculo criado hoje será a fonte da resolução das adversidades do futuro. “Criar vínculos” é, portanto, o melhor investimento para a segurança no futuro.

“Oferecer privilégios aos outros” é também um meio de “criar vínculos”. Deveríamos não somente permitir que os outros tenham privilégios sobre nós, como também compartilhar com eles tudo o que possuímos. Existe uma interconexão entre cada um de nós e os outros – somos todos combinações de causas e condições. A criação de vínculos também ajuda a resolver mal-entendidos entre as pessoas. Se, no dia-a-dia, persistirmos em criar vínculos, sendo tolerantes e pacientes com os outros em vez de guardar ressentimentos, quando a oportunidade surgir, boas causas e condições nos serão proporcionadas em tudo que nos propusermos a fazer.

Pensamentos

“A magnanimidade leva à tolerância.
A tolerância leva à ação responsável.
A diligência leva ao alcance dos objetivos.
A frugalidade leva à abundância.”

“Melhor é cultivar sabedoria que riqueza.
Riqueza pode ser boa ou má,
mas sabedoria é sempre ideal.”


* É o 48º patriarca do budismo chinês da escola
Ch’an. Fundador do Monastério Fo Guang Shan,
em Taiwan, e do Templo Zu Lai, em Cotia (SP),
cujas raízes são do Budismo Mahayana, que enfatiza a aproximação
da natureza búdica ao alcance de todos.

© Copyright 1992 - 2015 - Portal NippoBrasil

Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br


17 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)